Mergulho na vida.

segunda-feira, 8 de abril de 2013

Ah, lá vem eu com essas minhas loucuras que no final acabam (ou não!) fazendo sentido. Mas, enfim, hoje eu estava sem fazer absolutamente nada, sabe o dia que você aparenta não ter nada pra fazer a não ser ficar deitada na cama, pensando sobre a vida? Pois é.  Hoje esse dia tomou conta de mim, e como de costume, resolvi pensar no porquê de algumas coisas, e aí "dou de cara" com uma pergunta que me fez pensar muito, a pergunta foi: Por que sentimos tanto medo de arriscar?

Acho que nos último tempos, essa foi a pergunta que mais tomou parte do meu tempo, cheguei à conclusão de que temos receio de fazer coisas que o coração manda por medo de como a mente vai agir futuramente por conta de tal atitude, e vice-versa. 
Sou um exemplo vivo disso. Vejam bem, sou completamente apaixonada por teatro e comecei a fazer aulas, porém tenho os compromissos do dia-a-dia, tenho que estudar, coisas pra resolver, enfim, tenho muitas outras coisas pra fazer, e pensando nisso, vi que as aulas de teatro pegavam a maioria do meu tempo, e isso fazia com que eu ficasse ainda mais louca e tivesse uma vida muito mais corrida, o que já parecia não me fazer tão bem, tive medo, medo de não ter tempo, medo de não conseguir administrar bem as coisas, enfim, medo, e por isso tive que optar por abrir mão de alguma coisa, tive que abrir mão do teatro, era a única opção, isso me doeu, ou melhor, está me doendo (e muito!). Agora eu faço uma pergunta: Será que eu não poderia ter "mergulhado" de vez nisso, ter feito tudo que eu fazia antes e dane-se o resto? Tomei essa decisão hoje, então não tenho muito o que falar pra vocês, pode ser que amanhã "meu coração" deixe um aviso pedindo pra que eu volte, mas pode ser também que minha mente prevaleça. Eu poderia ter deixado minhas razões pra trás, ter tampado os ouvidos para elas e ter seguido apenas meus sentimentos. 
Vou parar de falar disso, aliás sei que com essa situação, você mesmo deve ter tirado um exemplo da sua própria vida.

Viram como somos tão inseguros? Por que não damos uma de ponta na vida e deixamos ela fazer o que bem entender conosco? Tipo, deixar a vida levar, entendem?! Acho difícil alguém entender, mas acho que a vida deve ser um pouquinho melhor se começarmos a tentar seguir isso, se não for melhor com certeza deve ser pior, bem pior. 
Quero um dia, conseguir entender tudo isso. Ah, vida confusa!!!!

Enfim, é isso o que tenho pra dizer...



Agora preciso saber de você, conte para nós um exemplo da sua vida ou de alguém próximo onde tenha 'mergulhado de cabeça' ou deixado de mergulhar, assim como eu.
É sempre um prazer compartilhar minhas ideias com vocês e saber a opinião de todos.

Obrigada, chuchus!
Beijos cheios de carinho! ;)




3 comentários:

  1. Essa vida é mesmo muito confusa flor!

    Beijinhos,
    Lia ¨
    www.limaoealecrim.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É, essa confusão é tão chata, né?

      Beijinhos, chuchu :)

      Excluir

 
Entre Razão e Emoção © 2012 | Designed by Bubble Shooter, in collaboration with Reseller Hosting , Forum Jual Beli and Business Solutions